A Importância da Segurança no Trabalho

Com o desenvolvimento das indústrias, empresas e comércio, que são todos regidos por pessoas, percebeu-se a necessidade de garantir a segurança das pessoas em seu ambiente de trabalho. Até porque muitas passaram por situações de risco, como acidentes, manuseios de máquinas, produtos químicos que podem afetar a saúde. E a segurança do trabalho veio para isso, ajudar o trabalhador.

De acordo com a Certifica Iso: “Segurança do trabalho pode ser entendida como os conjuntos de medidas que são adotadas visando minimizar os acidentes de trabalho, doenças ocupacionais, bem como proteger a integridade e a capacidade de trabalho do trabalhador.”

Ela é um dos setores mais importantes e obrigatórios para qualquer corporação hoje, pois influencia diretamente na produtividade e até mesmo na redução de custos, pois as ações preventivas evitam gastos com funcionários acidentados, e até mesmo, com processos judiciais. Sabe aquele setor que toda empresa precisa ter, como um RH por exemplo? Esse é um deles!

Esse é um dos negócios mais estáveis que existem por conta que sempre será necessário. No Brasil, é referenciada por normal regulamentadas (chamadas NRs), decretos e portarias que são utilizados como base para o trabalho e o exercício das atividades profissionais.

Hoje é possível fazer cursos sobre a área, e até mesmo concursos públicos. Se você procura aprender mais sobre, recomendo o curso online Kit Aprovação Segurança Do Trabalho.

Existem variações de funções das pessoas que trabalham nessa área, elas variam conforme a formação de cada um: engenheiro de segurança do trabalho, técnico em segurança do trabalho, médico do trabalho, enfermeiro do trabalho, etc.

Para saber mais sobre segurança do trabalho, recomendo o artigo da Beercorp, veja mais aqui.

Agora me conta aqui nos comentários, você já passou por alguma situação que precisou da ajuda de profissionais da segurança do trabalho? Espero que tenha gostado, até a próxima!

Plano de Negócios: O Que É E Como Fazer O Seu!

Você sempre pensou que empreender é sua cara? Não vê a hora de começar o seu negócio? Mas nós sabemos que no mundo dos negócios as coisas não são simples como queríamos que fosse não é? É necessário muito planejamento e ainda sim as coisas saem fora do que você planejou. Pensando nisso, resolvi trazer informações sobre um dos documentos mais importantes para os negócios: O Plano de Negócios!

Ele é importante pois evita com que novos empreendedores passem por dificuldades devido a falta de planejamento. O plano de negócios é importante para todos no ramo, tanto abrindo um novo negócio como expandindo, é por meio dele que você será capaz de ter informações sobre o ramo, produtos, serviços, clientes, concorrentes, fornecedores e pontos fortes e fracos do negócios. Juntos, eles contribuem para a montagem de estratégia e o sucesso profissional.

Para fazer um plano de negócio, primeiro é necessário: Saber o ramo do seu negócio e conhecê-lo! Essa também é a fase de definir os produtos e saber o local do mesmo. Posteriormente, faça uma análise de mercado, nessa etapa saiba quem serão seus futuros clientes, o perfil deles, concorrentes e fornecedores dos materiais que irá precisar. Conhecendo esses pontos você saberá como chegar aos clientes certos, e assim obter retornos financeiros.

Feito isso, pense no seu plano de marketing, você precisa que seu negócio alcance as pessoas certas e chegue ao conhecimento do público, se ninguém conhece, ninguém irá comprar. O plano operacional vem em seguida, aqui você irá planejar como será a estrutura da sua empresa, desde a localização, produção até a venda. Depois vem o Plano Financeiro, sabendo a estrutura você já tem uma noção dos seus gastos contínuos mensais, portanto essa é a hora de planejar muito bem como o dinheiro será investido. Quase no fim, não podemos deixar de passar pelas análises de cenários e estratégias, é nessa fase que você irá se preparar para todas as possíveis situações que podem ocorrer e afetar os resultados da sua empresa.

Por fim, avalie o plano de negócio que foi montado. Verifique se as situações propostas englobam tudo o que está acontecendo e coloque-o em prática. Veja mais sobre plano de negócios.

Agora me conte, você já tem o seu negócio? Como foi sua experiência? Se não tiver, apenas deixe um comentário sobre sua visão do artigo!

Mercado Automotivo: Dicas de Negócios Para Quem É Apaixonado Por Automóveis

Automóveis em geral, são a grande paixão do brasileiro. Alguns dizem que essa paixão começou a partir do momento que sentiu a velocidade em um conversível, outros se sentem livres ao andar de moto, até mesmo falam sobre a adrenalina. Mas a verdade é que, não importa a causa, se dedicar a algo que gostamos muito nos deixa feliz, e por isso continuamos fazendo.

De maneira geral, o mercado automotivo tem importante participação na economia do país, e na indústria mundial. No Brasil, ele representa cerca de 22% do PIB industrial, além disso, é um setor cujo desempenho afeta significativamente vários outros setores industriais, como aço, pneus, materiais eletrônicos, etc.

Se você é uma dessas pessoas, trago aqui algumas oportunidades que o mercado possibilita de começar a trabalhar hoje mesmo e fazer aqui que gosta.

Vendedor de carros: pode parecer clichê, mas com a tendência de carros híbridos, elétricos e novas funcionalidades, isso pode trazer oportunidades de trabalho nesse setor, se você se dedicar e estiver por dentro de todas as novidades.

Pinturas de carro: Carros que contém logos para empresas, ou até mesmo gosto pessoal é uma oportunidade. O curso online de Pintura Hidrográfica, oferece toda a educação que você precisa para iniciar no ramo hoje mesmo.

Eletricista automotivos: Já parou para pensar o quanto estamos evoluindo tecnologicamente? Pois é, e já virou necessidade ter profissionais que saibam mexer com novas tecnologias principalmente em automóveis.

Essas são só algumas dicas. Veja outras tendências do mercado automotivo nessa reportagem do Exame, e seja criativo. O mundo muda e nós precisamos nos adaptar!

O Crescimento do Marketing Digital No Mercado

Com um mundo conectado a internet, o marketing digital se tornou o meio dos empreendedores expandirem seus negócios para a internet e conseguir conquistar clientes, vender produtos, divulgar sua marca e até mesmo aumentar o alcance do negócio. Com isso, veio um interesse cada vez maior do mercado de trabalho de profissionais que tem conhecimento na área e passaram a investir cada vez mais em mãos trabalhistas.

O marketing não é tão novo como o marketing digital, ele já vem de muito tempo com suas estratégias de divulgação e atração de clientes. O marketing digital é uma modalidade do marketing voltada exclusivamente para o mercado online, onde é utilizado as mídias sociais e mecanismos de busca para alcançar os objetivos da empresa, seja alcançar clientes, criar relacionamentos, entre outros.

A rápida expansão deste mercado não é acompanhada pelo número de profissionais da área, com isso há uma valorização da mão de obra deste ramo, isso gera empresas criando treinamentos internos para novos contratados, o que é bom para empresas pois o treinamento agrega não só conteúdo como toda a cultura da empresa; é uma nova oportunidade para quem quer empreender, pois é um mercado em expansão e não precisa de muitos equipamentos para iniciar, apenas um computador.

Além disso, o marketing digital trouxe uma gama de oportunidades diferentes para o trabalhador, revolucionando o mercado, como por exemplo a possibilidade de trabalhar remoto (trabalhar onde for mais adequado para você naquele momento, o que é diferente de home office), basta ter um computador e acesso a internet é possível que o profissional trabalhe onde bem estiver, e possa sair dessa vida de escritório. Válido também para quem quer trabalhar sozinho e conseguir aquela grana extra.

Existe uma gama de cursos online que te ensina como trabalhar em casa sozinho com o marketing digital, recomendo muito o Remunera 365, que foca em ensinar aos alunos as ferramentas corretas para trabalhar neste mercado e alcançar seus objetivos.

Como o marketing digital é gigante, ele foi separado em ramos que auxiliam os clientes conforme o objetivo, temos por exemplo o SEO, que trabalha com os mecanismos de busca para tráfego orgânico e ranqueamento; Marketing de Conteúdo, que é o profissional que tem o processo de criar, publicar e promover conteúdos personalizados de forma a chamar a atenção do usuário, anda junto com SEO; Anúncios, que são aqueles ao qual o cliente paga para aparecer nos mecanismos de buscas ou mídias sociais para obter tráfego.

Bem legal não é mesmo? E você tem interesse em participar deste mercado?

Pouco Dinheiro? Veja Ideias de Negócios Que Cabe No Seu Bolso

Com o mercado disputado fica difícil encontrar um nicho ao qual podemos investir pouco e obter lucros. Pensando nessa dificuldade, resolvi trazer algumas dicas para você que quer ter o próprio negócio com quase nada de investimento, veja só!

Utilizando seu conhecimento, nada melhor do que iniciar um negócio naquilo que você gosta ou sabe fazer muito bem, por exemplo, se você sabe muito matemática porque não abrir uma rede de ensino? Começando com aulas particulares por exemplo.

Serviços em casa, por estar em sua própria residência não terá gastos com imóveis, exemplo se você gosta de fazer doces, faça para vender ou ofereça serviços de babá ou cuidador de pets.

Consertos em geral, por ser um trabalho dinâmico não é necessário gastos com ambiente de trabalho, se você tem habilidade com computadores, porque não oferecer serviços de conserto? Vale o mesmo para encanadores, eletricistas entre outros.

Revenda, requer apenas que você tenha um fornecedor para adquirir os produtos e vender para outras pessoas. Ou você pode até mesmo comprar e revender com o preço um pouco maior.

Gostou? Essas são só algumas ideias que eu tive, tem outras? Comenta aqui embaixo! Até a próxima.

Dicas de Negócios em Alta em 2019

Vivemos em tempos difíceis de conseguir um emprego, ter estabilidade financeira e até mesmo manter um emprego, por isso as pessoas recorrem a autônomos que fornecem uma renda extra para se manter e sobreviver atualmente. Se você tem capacidade de investimento, veja essas dicas de negócios que são tendências atualmente.

Alimentação Alternativa, como sem glúten, para intolerantes a lactose, diabéticos, é uma alternativa de negócio para investir. Aos poucos estão sendo percebidos que é considerável o número de pessoas que fazem parte deste grupo, então porquê não vender aqueles docinhos, salgados que contém esse diferencial, investir em alguma rotisserie que possui essas opções ou até mesmo fazer por encomenda, uma boa alternativa não acha?

Coworkings são salas compartilhadas que podem ser alugadas para quem precisa. Como a tendência do mercado é ter empresas startups, com políticas sem escritório, que tem a possibilidade de trabalho remoto, a necessidade de espaços que podem ser alugados, que oferecem internet e equipamentos de escritório é grande, então porquê não investir em um negócio assim?

Infoprodutos fazem parte do expansivo mercado digital, que cresce mais a cada dia, por diversos motivos (acessibilidade, preço, segurança, tempo, entre outros). Vender seu conhecimento na internet, de qualquer coisa, pode ser um negócio de sucesso até porque hoje as pessoas procuram na internet tudo o que não sabem o que aumenta o alcance dos usuários encontrarem seus produtos, além é claro da procura de sites especializados a isso como Monetizze, por exemplo.

Produtos orgânicos está ganhando cada vez mais espaço no mercado, isso se deve a preocupação das pessoas com a saúde, elas querem se cuidar, comer melhor, utilizar produtos que não envolvem origem animal, industrializados e que agridem o corpo de alguma maneira. Por isso, essa é uma boa ideia de negócio, invista em produtos de beleza naturais, alimentos entre outros.

Essas são só algumas dicas, essas e outras podem ser encontradas no site da Conta Azul. E se você tem a possibilidade de investir em um desses negócios, não pense duas vezes, ele pode se tornar sua principal fonte de renda.

Negócios Sociais: Solução de Problemas da Sociedade

Este blog tem a ideia de trazer informações sobre negócios, e a que eu gostaria de apresentar hoje são os negócios sociais. É um mercado com a missão de solucionar um problema social, que geram receitas suficientes para cobrir os custos. Para funcionar é necessário haver populações ou regiões com necessidade de intervenção, além de existir a abertura para a solução de um problema.

O conceito de negócio social surgiu nos anos de 1970, criado pelo economista e ganhador do Nobel da Paz em 2006, Muhammad Yunus, também fundador do banco de microcrédito para clientes com poucos recursos e a instituição de incentivo e apoio a negócios que resolvem problemas da sociedade. Ele acredita que a divisão entre Estado, sociedade e empresas privadas não contribui para diminuir as desigualdades sociais, por isso, sugeriu que negócios sociais tenham uma lógica diferente e que seja boa para todos os envolvidos.

Algumas vantagens de se ter um negócio social são: Não depender de ONGs, mas tem um impacto positivo e gera renda; Combina o dinamismo, a eficiência, a inovação de negócios tradicionais e a consciência social; O lucro pode ser aplicado em outros negócios sociais, aumentando o ciclo de impacto positivo. Além do mais importante, fazer a diferença para as pessoas.

Veja mais como funciona os negócios sociais aqui.

Algumas ideias de negócios sociais são: produtos a preços acessíveis de energia solar para famílias sem acesso a energia elétrica; serviços de consultoria a espaços culturais como museus para adequações à acessibilidade de pessoas com deficiências auditivas, visuais, mentais ou motoras; produção e comercialização de tijolos ecológicos para baratear o custo em obras de construção em comunidades carentes e envolve o público na sua fabricação, entre outros. Outras dicas podem ser vistas no site do SEBRAE.

Negócios sociais então buscam melhorar a vida da população além de lucrar com isso, por isso ele consegue ser atrativo a empreendedores e empresários além de ajudar a diminuir a desigualdade social.

Dicas De Negócios Online Para Começar Agora Mesmo

O desemprego afeta milhões de brasileiros, de acordo com uma recente pesquisa da revista EXAME, ele ficou estável no último trimestre numa taxa de 11,8%. Apesar disso, ainda são mais de 12 milhões de pessoas desempregadas, pensando nisso, resolvi trazer algumas dicas para quem deseja ter uma renda extra ou o próprio negócio online.

  • Vendas Pela Internet: É comum as pessoas começarem a fazer doces, bolos e bebidas para vender quando se precisa de uma renda extra. Pensando nisso, a primeira dica é utilizar a internet para divulgação, coloque nas mídias sociais, faça algum site de e-commerce e venda.
  • Marketing de Afiliados: Que significa promover produtos de outras pessoas ou empresas, e quando alguém comprar de você a partir desta recomendação, você ganha comissão. Sites que disponibilizam esse tipo de afiliação: Hotmart, Monetizze, entre outros.
  • Cursos Online: Você sabe muito de algo e quer ganhar dinheiro com isso? Venda seus cursos online, grave-os e coloque em plataformas para divulgação, permita ter afiliações para aumentar o alcance das vendas e obtenha o selo de certificação OCACO para passar confiabilidade as pessoas.
  • Transmissões pelo Twitch: Pessoas apaixonadas por jogos, podem iniciar esta prática a partir desta plataforma que te possibilita entrar em contato com milhões de gamers que assistem e se você for bem, ainda pode lucrar muito com isso.

Essas são apenas algumas ideias que podem te ajudar a iniciar um negócio online e uma renda extra. Veja outras ideias aqui.

Espero que tenha gostado, até a próxima!